Entenda OJS

Você sabe o que é OJS – Open Journal System?

Desenvolvido pelo Public Knowledge Project (PKP), iniciativa multi-universitária que promove acesso aberto e aperfeiçoamento da publicação acadêmica, o OJS é um software livre para gerenciamento e publicação de periódicos científicos. Foi disseminado no Brasil pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), que oferece também suporte técnico para as revistas brasileiras que utilizam a plataforma.

Conhecido no Brasil como Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), suas principais vantagens são a possibilidade de instalação e gerenciamento personalizado, permitindo que o editor faça alterações a qualquer momento. Além disso, a plataforma proporciona submissão de artigos online, feita pelos próprios autores, e conta com mecanismos de busca dentro de cada conteúdo publicado.

O OJS busca otimizar o sistema de publicação cientifica, reduzindo tempo, energia e dinheiro que são gastos em tarefas de secretaria e edição. Viabiliza o corte com despesas de impressão, oferecendo acesso online e gratuito aos leitores.

O software ainda diminui o tempo gasto pelos editores com ao recebimento de conteúdo, que pela plataforma é feito em uma barra de ferramentas própria para submissão de artigos. Assim, economiza energia no processo de editoração.

Em sua mais recente atualização (3.0), o sistema operacional sofreu alterações e suas configurações foram simplificadas, com um upgrade nas interfaces que estão mais limpas e com menos informação. Essa nova versão organiza também a submissão de artigos e facilita o trabalho do editor.

Saiba mais em: Entrevista com o diretor assistente da PKP Juan Pablo, sobre OJS3.

Recomendado pela CAPES, o OJS é gratuito e pode ser instalado em qualquer servidor local, tornando a ferramenta flexível e acessível.

Saiba mais: Periódicos em Nuvens.